Gancho deixado no final do episódio 20 é adiado para os momentos finais.

O vigésimo primeiro episódio da quinta temporada de Arrow foi ao ar ontem nos EUA, e marca o começo da conclusão dessa 5ª temporada com uma “suposta” vitória de Oliver Queen em cima do vilão Adrian Chase (Prometheus).

O episódio começa com o primeiro ato bastante corrido com mais uma investida de Adrian Chase (Prometheus), dessa vez, no gabinete do prefeito Queen. Trata-se de um caixão de madeira que fora deixado por encomenda, contendo um mistério que será desvendado aos poucos durante todo o episódio, e que envolve um pouco do passado do pai de Oliver.

A estrutura de narrativa circular continua nos moldes tradicionais ainda trabalhando numa sub-trama secundária do passado de Oliver que se estende de forma desnecessária, fazendo com que a trama principal sofra alguns cortes rápidos e conclusão de um plano sequencia apressado. A estrutura de enredo ainda segue o padrão de episódios anteriores sobre o drama familiar de Rene Ramirez, fazendo o episódio apenas ficar mais longo em sua edição, somado a narrativa circular do passado de Oliver. O desenvolvimento desse personagem C (Rene Ramirez), já deveria ter sido feita ao longo de tantos episódios passados nessa temporada, e o passado de Oliver é algo que já passou do tempo de ser algo interessante. Ainda assim, boa parte do desenvolvimento do segundo ato está relacionado a desvendar o mistério deixado por Adrian Chase, que marca mais uma novidade não conhecida por Oliver e Thea Queen em relação ao seu pai.

O terceiro ato desse episódio é marcado por uma sequência de ação com coreografias muito bem ensaiadas, temos explosões em ambientes com pouco espaço para se lutar, e a aparição de Prometheus garante uma boa sequência de luta contra Oliver, com tomadas de câmeras gravadas em um ambiente muito fechado, onde é possível gravar em um andar acima ou abaixo de onde o protagonista e antagonista lutam, deixando o centro totalmente livre, para eles poderem fazer boas movimentações de luta. Oliver consegue um certo triunfo diante dessa luta e aparentemente vemos um vilão “derrotado”. porém o sorriso confiante do antagonista nos deixa crer que ele terá uma última carta na manga, muito provavelmente relacionado ao gancho deixado no episódio anterior que não foi mencionado neste.