Sábado (18) aconteceu o PaleyFest, em Los Angeles. O evento anual de televisão recebeu a presença dos elencos e produtores das séries da CW do universo DCTV. Confira as principais notícias sobre Arrow:

  1. O 100º episódio – que passou durante o crossover Dominators – foi um verdadeiro tributo às raízes da DC Comics. “Pareceu mais um marco ou uma edição de aniversário de uma HQ do que um marco em programa de televisão” disse o produtor executivo Marc Guggenheim. “Parece que foi ‘oh, estamos celebrando o centésimo episódio de Arrow basicamente escrevendo a 100ª edição de Arrow’.”
  2. Apesar de ter sido ambicioso e sem precedentes, o crossover dessa temporada foi o mais fácil para Stephen Amell. Sempre o líder destemido da gangue de super heróis da DC, Amell disse que o crossover em quatro episódios foi um dos mais suaves até agora graças à experiência passada. “Por fim, a oportunidade de fazer algo assim é o motivo de fazermos esses programas. É para que os fãs possam ter a experiência de quatro noites.”
  3. Mesmo assim, sua ideia para o próximo crossover foi hilária ao falar sobre o rigoroso horário de produção: “O lado de Arrow será apenas Oliver e Diggle tomando café e jogando xadrez. No final, Legends, Supergirl e Flash aparecem e falam ‘Precisamos de sua ajuda” e nós estaremos tipo “estamos de boa’.”
  4. Amell raramente está mais que uma escada salmão de Oliver Queen. Após dizer a um fã que ele é “apenas naturalmente bom fazendo barra”, o ator canalizou o Arqueiro Verde para dizer “você falhou com essa cidade”.
  5. A estrela de Arrow ficou surpresa pelo “sentimento de realização” que sentiu após as filmagens do 100º episódio. O episódio, que caiu bem no meio do crossover, colocou Oliver em um universo alternativo em que ele nunca entrou no Queen’s Gambit, evitando assim, sua trágica história de origem. O especial foi um tributo à jornada tanto do personagem quanto do programa em suas 5 temporadas e trouxe lembranças e rostos familiares. “Foi bem fácil interpretar os momentos emocionais do episódio”, admitiu Amell. “Pois muitos deles foram verdadeiros.”
  6. Amell também reconheceu a importância da equipe que ajudou a alcançar esse marco. O ator lembrou das filmagens do 100º e pensou em todos que trabalharam no programa e em suas subsequentes spin-offs. Depois mencionou que a base de produção do programa, em Vancouver, se beneficiou ao herdar a equipe de trabalho de outro drama da CW: Smallville.
  7. E ele já está olhando adiante. “Sou muito, muito orgulhoso hoje em dia de ter chegado ao 100º episódio” disse Amell. “E, sabe, sinto que o caminho para o 200º será ainda mais fácil.”
  8. David Ramsey disse gostar de participar de The Flash por mais de um motivo. “Toda vez que chego em The Flash, eu me divirto muito”. Ramsey disse à plateia. “Todos estão sempre sorrindo, felizes… e por sinal, eles tem vários refrigerantes no set. Nós não temos!”
  9. Entretanto, ele ainda não superou o apagamento de sua filha feito por Barry. Quando Grant Gustin falou sobre os esforços de seu personagem ao lidar com as consequências do Flashpoint, Ramsey fez questão de lembrá-lo que uma dessas consequências foi a troca da pequena Sara por um filho.
  10. Talvez haja uma luz no fim do túnel para os fãs de Olicity. Amell respondeu a pergunta de um pequeno fã sobre a atual situação distante de Oliver e Felicity (Emily Bett Rickards) dizendo que “ Não depende de mim, mas vou dizer que coisas muito, muito legais estão vindo.”

Via EW e Oliverdant