Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O trabalho da escola e a quinta temporada

 — atenção: contém spoilers e opinião de autor —

Na escola sempre tive dificuldade de saber trabalhar em equipe. Gostava de escolher “os meus”, mas quando, na divisão de grupos, sobrava alguém e esse coleguinha que sobrou, incentivado pelo professor, pede pra entrar no grupo que você formou e selecionou a dedo … Bem, é difícil lidar. Enchemos de condições para depois aceitar a inserção de um novo membro.

Assim começou a jornada do Oliver, o vigilante arqueiro, na quinta temporada. Ele está tendo que lidar não apenas com o pedido de “inserção ” de novos membros da equipe, mas com o fato de que aqueles que ele formou e selecionou não querem mais fazer o trabalho. Bem, é difícil lidar. Pra alguém que queria fazer todo trabalho sozinho, no início, montar uma equipe de pessoas em quem confiasse já foi difícil e agora, juntar os fragmentos espalhados parece ser, pra ele, o caminho mais fácil do que investir em algo novo.

Felicity, nessa história, está fazendo o papel do professor da escola, tentando reunir aqueles que querem trabalhar, mas não tem equipe nem experiência. O que se passa então, na mente do Oliver, é uma sensação de perda de tempo juntamente com a falta de expectativa e credibilidade nas pessoas que querem se juntar a um trabalho que você quer fazer com tanta responsabilidade. Porém, no fim das contas, o trabalho é pesado demais pra se fazer sozinho, e ao perceber isto , a tendência é recorrer a soluções não tão saudáveis, como no caso do Oliver, voltar a matar como uma forma de também compensar o que foi levado na última luta: a vida de uma amiga, um relacionamento amoroso e sua equipe “ideal”.

Como prefeito, o merchan “UNIDOS”, da campanha QUEEN, está tão difícil de sair do papel quanto as promessas dos políticos brasileiros. Ele tem acreditado que, como vigilante solitário, pode fazer mais pela cidade do que como prefeito e é nesse ponto que sua irmã e assessora política, Thea Queen, está tocando pra tentar reverter. Esta, que não quer mais ser uma vigilante, tenta encontrar o significado de “heroísmo” em tentar orientar a aljava do irmão pra além de flechas atiradas no peito de alguém.

Enquanto isto, as gangues da cidade parecem ter entendido que precisam fazer o processo inverso ao de Oliver Queen. Eles têm se unido em torno de um único objetivo: derrubar o arqueiro e ocupar a cidade. Será que a equipe “Arrow” vai encontrar o caminho? Tudo pode acontecer, por isso estamos aguardando os próximos capítulos pra ver o Diggle interagindo com o Oliver além do Skype, e o capitão Lance dando um passo à frente dos seus vícios pra defender o legado da sua filha, a Canário Negro.

E o recrutamento da nova equipe? Bem, quando o trabalho é duro e se precisa de gente pra finalizá-lo, diz-se: “só tem tu? Vem tu mesmo “. Então podem vir: Artemis, Cão Raivoso e Sr. Incrivel.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.